Wednesday, August 02, 2006

Filosofia de quinta adiantada para quarta OU pensamentos avulsos

Passando a vista rapidamente pelos meus últimos posts, percebo que ando escrevendo bastante sobre literatura. Demais até para meu gosto, que é complacente. A parte boa disso é que no fim das contas eu sei que o faço sem nenhum risco de pretensão. Graças ao bom pai celestial, diga-se. Mas mesmo assim, uma coisa fica a me incomodar: sinto que estou meio que me apegando demais à literatura. E eu nasci para não me apegar a nada.

Eu só não acabo com este blog porque já o tenho faz mais de um ano - tempo suficiente para criar o hábito de escrever minhas groselhas aqui, ainda que esporadicamente. Eu bem que poderia fazer o teste e apagar, só para ver se eu vou sentir falta. Mas eu me conheço e sei que se fizer isso, em menos de um mês eu volto com outro. E pior: vou sentir saudades deste.

Sinais de cinismo: observar uma pessoa feliz da vida e imediatamente imaginar que alguém, em alguma parte do mundo, e no mesmo instante, está sendo feita de trouxa, para o bem da lei da compensação.

Sentimental é aquele que não conseguiu alcançar seu objeto de desejo e acha que pode ferir o mundo com sua ladainha adocicada. O problema é que na maioria das vezes ele consegue, já que sempre vai encontrar um idiota querendo ser o objeto-de-desejo-substituto. Então o idiota leva uma cacetada-coice do sentimental, e o ciclo interminável recomeça.


O problema das pessoas é que elas não conseguem se livrar das coisas que lhes fazem mal (masoquismo?). Um outro problema é que elas sempre gostam de uma coisa só.

10 comments:

concyalves maduro said...

Boa decisão Franz,afinal esse é o seu hoby preferido ,escrever.
Eu bem sei quem você é,só por isso sou sua leitora.

Franz said...

Ah, que indelicado que sou! Esqueci de mencionar os leitores, que são poucos mas de qualidade!

lvp said...

falar de literatura é sempre bom. não deixe esse bom hábito apenas pela má sensação de dependência pela literatura. :~

"resta-nos a estrada de ontem e a fidelidade mimada de algum hábito que gostou de nós e conosco ficou e não se foi." (primeira elegia de duíno, rilke.)

e concordo que o grande problema das pessoas é que elas não conseguem se livrar das coisas que lhes fazem mal. ;(

Anonymous said...

meu comentario e um desabafo,como vc e mediocre e nojento,hoje olho para traz,e me lembro como fui,tola..o unico sentimento que me restou de vc e repulsa uma especi de nojo talvez..sei bem quem vc e,e so por isso estou desabafando...

aline lourenço said...

outro,comentário idiota,e de mal gosto que desabafar anónimo procure,um terapeuta por favor me responda o que faz,uma pessoa ser mediocre e nojento?porque tanto rancor cuidado raiva faz mal a saude e no seu caso;a saude mental.

concy maduro said...

cambada de invejosos,morem de inveja,porque este um blog de pessoas cultas que tem algo a dizer,nao fiz esses comentarios,podera me identificar porque nao estou no brasil,estou fora ha sete meses,essa gente mediocre utiliza meu nome para fazer esses comentario ridiculo,

ana said...

..bom não assume porque,? gente ivejosa e dose, inveja do que mesmo heim??pessoas cultas sinceramente e um quadro onde vc não se encaixa...atriz falida...saida do meio do mato,nativa da amazônia,e culta e uma coisa que vc,não e nem de longe coitada teve que ir ganhar a vida sabese-la como na italia porque,não vai estudar e assim quem sabe,poderia realizar seu sonho de ser uma pessoa culta..

alguém said...

..há,o correto e pudera não "podera"..,e também" esses comentarios ricdiculos",ok antes de sair por ai,criticando alguém primeiro aprenda o português correto e sei exatamente tua intenção,só não entendo o porque de tudo isso agora,antes de sair por ai escrendo seus impropérios,aprenda a usar corretamente as palavras..

Anonymous said...

questão de esclarecimento;que tipo de pessoa usar"cambada em seu vocabulario..???

concy maduro said...

nao vou dar o ar da minha graca para pessoas com baixo nivel como voces,tenho muito amor para me trocar com pessoas tao venenosas.