Wednesday, September 20, 2006

Para esquecer um grande amor

Para esquecer um grande amor, preciso é muita concentração e um tantinho de cinismo, unido a gargalhadas, sarcasmo e muito riso - para esquecer um grande amor.

Para esquecer um grande amor, mister é ser homem que não dá ponto sem nó, daqueles que caem na orgia sem dó, e sem arrependimentos.

Para esquecer um grande amor, dê risadas às escondidas do bufão que sagra-se cavalheiro, que não sabe que o bom da vida mesmo é ganhar muito dinheiro - para esquecer do grande amor.

Para esquecer um grande amor, junte-se ao "velho amigo" e assim reunidos, você, ele e a garrafa de pinga, recorde que já existiram tantos outros grandes amores, e no entanto estão todos hoje submersos em um profundo e sombrio mar do esquecimento. Junte-se também àquele que não está apaixonado; ele sempre trará conselhos sábios, para esquecer do grande amor.

Para esquecer um grande amor, é preciso ser um sujeito com muito peito. é preciso olhar a(o) sua bem amada(o) como uma ave passageira, como um rosto que em breve não mais será lembrado, e tampouco desejado.

Conta ponto fazer coisinhas: ovinhos mexidos, torresminhos, batatinhas vinagrete, bifinhos refolgados, mas atenção: faça SOMENTE pra você! Afinal, seu corpo vive em uma eterna fase de crescimento. E só adolescentes bobalhões precisam esquecer de um grande amor. E é exatamente nessa hora, e somente nessa hora da gula, que você assume que não passa de um.

É preciso saber tomar não só uísque, mas também conhaque, celveza, vodka, pinga pura e pinga com limão. De preferência misture todas elas e dane-se a brincar de disquinhos voadores com seus malditos CDs dor de cotovelo.

Mas se tudo isso não bastar, dê um tiro no seu peito. Aí eu quero só ver se assim você não esquece do grande amor.

11 comments:

argh, lemòn said...

...classe, conseguiu expressar isso sem ser EMO.

Ram said...

Cataplum voltou!

Anonymous said...

oi tente assumir que gostas de homem....

Anonymous said...

...relatos sobre um certo autor,roteirista e gay nao assumido,chama-se vinicius vianna tem muito talento mas coitado,nao sabeste viver,alias nunca viveu sempre vegetou,usou as pessoas mas especificamente as mulheres e ate hoje me contam nao assumistes ser gay,nao sei bem o porque mas tu sabes que sei e sabes tambem,a proposito conversei com um amigo outro dia sobre,tu e fiquei feliz..por ter resolvido ficar longe de ti, alias vou me casar..querias tambem que no fundo fostes muito infeliz nao gostei nada do que andastes dizendo sobre mim..

Franz said...

Uóda réu!
Hahahahahahaha...só podem estar de gozação comigo! Quem é?

aline said...

ao administrador do blog.bom em primeiro lugar parabens pelo blog de bom conteudo e boa qualidade;nao sou sua leitora assidua,e a primeira vez que faco um comentario na verdade e um comentario sobre,o comentario infeliz e de mal gosto que algum(ou acho eu algunha)anônimo sobre uma pessoa que julgar ser vc,gostaria se possivel que apague,sei que em nada atingiu a pessoa citada mas eu nao gostaria de ler o nome da pessoa mencionado desta maneira.obrigado

concy maduro said...

adoro,teu humor.

concy maduro said...

...e espero,que goste do meu...

fred said...

háháhá...que baixaria,minha amiga me falou da existencia deste blog,nossa que legal,brigas pela internet,caramba acho que tem uma,mulher que está com muita raiva de vc!!!

concy maduro said...

nunca fiz esse comentario ridiculo sobre vinicius que uma pessoa que respeito muito,alguem utiliza meu nome para fazer intrigas com meu ex-namorado,aposto que e alguma invejosa que tenta me complicar a minha vida.oh,invejoso nao me segue que nao sou relogio!

alguém said...

Que coisa chata uma estranha ficar divulgando nomes por ai,o pior e duas estranhas ficarem trocando acusaçeões,e que coisa ridicula digna de alguem sem classe,e muito mal gosto,bom infelismente educaçaõ e um bem de grande valore e ficar usando este espaço pra brigas ou invejas,e feio e de extremo mal gosto,creio que sei exatamente o porque de tudo,mas pediria a voce que de um time ok?