Saturday, December 30, 2006

Jogo de sombras

Na vida é como na arte: através do errado se tem uma imprecisa noção de como deve ser o certo.

3 comments:

aline said...

querido franz estamos aki eu,e minha amada melhor amiga lendo teu blog a cerca de três horas;(ela tà p da vida comigo,jà que este e seu ultimo dia no brasil e sò nos reencontraremos no final do ano)mas confesso que tenha mania de dedetive,e queria entender o que levou o comentario anônimo a ser tâo amargo,lendo teus texto antigos,ainda nao entendi.bom a pessoa mencionada no comentario e tâo(ou mais..)genial como vc,adorei os seus textos...mas pela primeira vez nos meus longos;21 anos vou ficar na duvida,se bem que pra mim pouco faz diferença;se fosse eu ao querer ofender ou mesmo desabafar meu veneno,contra alguèm eu chutaria o balde e pronto,nâo ficaria pagando mico pela internet,e porque vc sabe o pai de todos os micos e mico via, internet;desculpe nao estar fazendo um comentario sobre os seus texto,mas e que odeio que falem mal das pessoas que gosto,mas neste caso vou ter que deixar..e que o pior tipo de ser humano acho eu,e o tipo mal amado e preconceituoso.bem vou ter quer parar de escrever pois eu minha amiga vamos sair hà graças a mim vc vai ganhar uma nova leitora na australia..

aline said...

no domingo,estava andando pela orla de ipanema,e na camisa e um velhinho estava escrito na vida e como a arte...me lembrei do blog imediatamente...

Eduardo Carvalho said...

É isso - existem mais formas de errar do que de acertar. Como naquela primeira frase de Anna Karenina. Errando se aprende mais.